DTE Receita Federal: para que serve e como fazer a adesão?

Por:
3 minutos de leitura
DTE Receita Federal

NESTE ARTIGO VOCE VAI VER:

Descubra o que é o DTE Receita Federal, suas vantagens e como fazer a adesão a esse canal de comunicação com o Fisco.

Deseja baixar o artigo em PDF?

Você já ouviu falar sobre o DTE Receita Federal? O Domicílio Tributário Eletrônico é uma plataforma desenvolvida para facilitar o recebimento das comunicações do Fisco – acelerando processos e reduzindo riscos.

Na prática, o DTE Receita Federal permite que os contribuintes sejam intimados para apresentar defesas e tomar ciência de atos administrativos através de uma caixa postal eletrônica. Para isso, basta que a sua empresa faça adesão ao Domicílio Tributário Eletrônico.

Quer entender melhor para que serve o DTE Receita Federal e aprender a fazer a adesão? Confira logo a seguir!

O que é o DTE Receita Federal?

O DTE Receita Federal (Domicílio Tributário Eletrônico) é uma plataforma criada pelo governo para simplificar a comunicação com o contribuinte. Ao fazer a adesão, as empresas podem acessar as mensagens e cobranças oficiais do Fisco por meio de uma caixa postal online.

A previsão legal para o DTE está no art. 23 do Decreto 70.235/72 – que foi incluído pela Lei nº 11.196, de 2005. Com base nesse dispositivo, a intimação por meio eletrônico passa a ser uma forma de intimação válida – juntando-se às formas que já existiam: pessoal, por via postal ou telegráfica.

Quando a sua empresa opta pelo DTE Receita Federal, sua caixa postal no e-CAC passa a ser considerada seu Domicílio Tributário perante a Administração Tributária Federal. Com isso, você tem acesso a facilidades:

  • Possibilidade de cadastrar até três números de celulares e três endereços de e-mail para recebimento de avisos quando mensagens importantes forem gravadas na caixa postal;
  • Redução no tempo de trâmite dos processos administrativos digitais;
  • Garantia quanto ao sigilo fiscal e total segurança contra o extravio de informações;
  • Acesso, na íntegra, a todos os processos digitais existentes em seu nome, em tramitação na RFB, na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

Como optar pelo DTE?

A adesão ao DTE Receita Federal é um processo muito simples. Veja só um passo a passo:

  1. Acesse o Portal e-CAC com a sua certificação digital;
  2. Acesse os “Serviços disponíveis” no Portal e-CAC;
  3. Procure pelo menu “Outros”;
  4. Faça a Opção pelo Domicílio Tributário Eletrônico.

É importante ressaltar que o DTE Receita Federal é o canal de comunicação federal, porém também é possível fazer adesão nas esferas estadual e municipal – com plataformas diferentes para cada uma. Para isso, é preciso acessar a plataforma equivalente ao Domicílio Tributário Eletrônico de acordo com o estado ou município em que a organização está localizada.

DTE Receita Federal

A importância de monitorar as mensagens regularmente

Depois de fazer a adesão ao DTE Receita Federal, é importante monitorar as mensagens recebidas regularmente. Isso porque, após o credenciamento do contribuinte no sistema, os prazos processuais começam a correr a partir do envio da intimação em formato digital – mesmo que o contribuinte não tenha acessado a mensagem. Ou seja, é preciso ficar muito atento para não perder os prazos recursais.

Além disso, também temos que considerar que o contribuinte pode ter várias caixas postais para acompanhar. Afinal, a intimação por meio do Domicílio Tributário Eletrônico pode ser realizada pelas Prefeituras, Secretarias de Fazenda Estaduais e Federal.

Infelizmente, muitos contribuintes aderem ao DTE, mas não acessam regularmente a caixa postal eletrônica. Por isso, podem perder prazos processuais e respectivas apresentações de recursos – o que pode levar a implicações como custos com multas, perda de benefícios fiscais ou outras penalidades.

Mas temos uma boa notícia: existem soluções tecnológicas que ajudam nessa tarefa. Um sistema gerenciador de DTE permite centralizar e simplificar ainda mais a comunicação entre o Fisco e o seu negócio.

Ou seja, em vez de fazer consultas manuais para acompanhar as notificações relevantes para sua empresa, você pode usar uma ferramenta para gerenciar Domicílios Tributários. Dessa forma, você ainda evita comunicações extraviadas e perdas de prazos importantes.

Explore o melhor do DTE Receita Federal

Vimos neste artigo como o DTE Receita Federal pode ser usado para facilitar o recebimento de comunicações do Fisco. Para complementar esse recurso criado pelo governo, você pode contar com uma solução que centraliza as suas caixas postais em um único lugar.

Quer entender melhor os benefícios da tecnologia nesse processo? Confira 5 motivos para ter uma solução de DTE no trabalho!

Visited 119 times, 1 visit(s) today

Quer saber como podemos ajudar você na gestão dos DTEs?

Preencha o formulário e converse com nossos especialistas.

1
2

VEJA TAMBÉM

Tempo de leitura: 3 min O acesso ao DTE não precisa ser complicado. Descubra como a tecnologia pode simplificar essa tarefa e proporcionar mais organização na sua rotina fiscal.

Tempo de leitura: 3 min Veja agora como gerenciar DT-e de forma simples, economize seu tempo e nunca mais perca um prazo do governo.

Newsletter

Quer receber os melhores conteúdos fiscais
diretamente no seu e-mail?