Impostos para indústria: quais são e como agilizar o recolhimento?

Por:
3 minutos de leitura
Impostos para indústria

NESTE ARTIGO VOCE VAI VER:

Descubra neste artigo os principais impostos que uma indústria deve recolher e saiba como a tecnologia pode ajudar no dia a dia do time fiscal.

Deseja baixar o artigo em PDF?

Os impostos para indústria estão entre as preocupações do seu setor fiscal? Com uma grande expressividade dentro do orçamento dessas organizações, o recolhimento dos tributos requer uma atenção especial para minimizar seus gastos e o tempo despendido nesse processo.

Mesmo depois de identificar exatamente quais são os impostos para indústria, as complicações ainda não desaparecem. É preciso organizar um fluxo de processos para agilizar o recolhimento desses tributos – garantindo celeridade na liberação das mercadorias e mitigando riscos.

Quer entender quais são os impostos para indústria e como agilizar o recolhimento? Confira logo a seguir!

Por dentro da tributação para o setor de indústria

A tributação para as indústrias brasileiras é um assunto complexo. São vários tributos com regras próprias e benefícios fiscais que podem ser aproveitados. Veja só:

Impostos que devem ser recolhidos por uma indústria

Confira quais são os principais impostos para indústria:

  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). É um imposto federal que incide sobre a industrialização e a importação de produtos. A alíquota varia de acordo com a classificação do produto.
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS). É uma contribuição federal que incide sobre o faturamento das empresas. A alíquota pode variar de acordo com a atividade da indústria e a forma de apuração.
  • Programa de Integração Social (PIS). É uma contribuição federal que incide sobre o faturamento das companhias. Assim como a COFINS, a alíquota e forma de apuração podem variar de acordo com a atividade da indústria.
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). É um imposto estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e a prestação de serviços de transporte e comunicação. A alíquota e as regras de recolhimento podem variar de acordo com cada estado.
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ). É um imposto federal que incide sobre o lucro das empresas. A alíquota varia de acordo com a forma de apuração do lucro (presumido, real ou arbitrado).
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). É uma contribuição federal que incide sobre o lucro das empresas. A alíquota também varia de acordo com a forma de apuração do lucro.
Impostos para indústria
Foto de Pixabay/Pexels

O impacto dos benefícios fiscais na indústria

Além de conhecer os impostos para indústria, é fundamental ficar atento aos benefícios fiscais que podem ser aproveitados. Estamos falando de iniciativas públicas que visam incentivar o desenvolvimento do segmento manufatureiro para a economia brasileira.

Na prática, os benefícios fiscais para as empresas desse segmento podem surgir de diferentes formas. Veja só alguns dos incentivos que podem ser aplicados para as indústrias:

  • Substituição Tributária do ICMS (ICMS-ST);
  • Redução do IPI para a fabricação de determinados produtos;
  • Desconto no IRPJ e/ou na CSLL;
  • Crédito tributário para investimento na compra de maquinários ou outras melhorias dentro da indústria.

Como agilizar o recolhimento de impostos para indústria?

Já vimos quais são os impostos para indústria e como funcionam os benefícios fiscais. Mas como garantir o recolhimento correto e ágil desses tributos?

São vários tributos a serem pagos – cada um com seus prazos, alíquotas, bases de cálculo e outras características próprias. Ao realizar os processos manualmente, é preciso lidar com altos riscos e lentidão – que impacta, inclusive, na liberação dos caminhões para entrega dos produtos.

Para contornar isso, as indústrias podem usar a tecnologia ao seu favor. Com uma solução digital para o pagamento automático de tributos é possível simplificar essa rotina.

Veja quais são os maiores benefícios de utilizar uma ferramenta de automação para o recolhimento dos impostos para indústria:

  • Otimize processos e aumente a produtividade. Deixe os robôs fazerem as tarefas repetitivas e use seus colaboradores em funções mais estratégicas. Com o pagamento automático de tributos, não é preciso mais perder tempo com todo o processo de emissão e pagamento dos impostos.
  • Reduza custos e foque no que realmente importa. Você sabia que uma solução de pagamento automático de tributos custa, em média, 1/5 do valor de um funcionário? Além dessa grande economia de despesas, sua empresa ainda pode eliminar completamente os gastos extras com multas, juros e outras penalidades por problemas no recolhimento de impostos.
  • Elimine tarefas repetitivas e possíveis erros. Você já teve problemas com multas ou juros? Teve caminhões parados em barreiras fiscais pela ausência do recolhimento de todos tributos? Pagou guias em duplicidade? Ou então não consegue encontrar guias antigas? Todos esses são problemas que podem ser resolvidos com uma solução de pagamento automático de tributos.

Você gostou das informações sobre os impostos para indústria? Quer entender melhor como funciona uma ferramenta de automação? Leia também: 10 razões para adquirir o RPA Fiscal – pagamento de tributos!

Visited 66 times, 1 visit(s) today

Quer saber como podemos ajudar você no recolhimento de tributos?

Preencha o formulário e converse com nossos especialistas.

1
2

VEJA TAMBÉM

Tempo de leitura: 4 min Sabia que a automação fiscal pode contribuir para uma boa experiência do cliente? Descubra as vantagens de automatizar o recolhimento de tributos com a Dootax.

Newsletter

Quer receber os melhores conteúdos fiscais
diretamente no seu e-mail?