3 minutos de leitura

RPA fiscal: a tecnologia que está revolucionando as empresas

Por:
Descubra como RPA Fiscal está revolucionando a área fiscal de diversas empresas do Brasil e simplificando o trabalho.
RPA Fiscal

Um RPA fiscal pode ser o protagonista de uma grande mudança no setor fiscal da sua empresa. A robotização de processos permite que não seja mais necessário depender da intervenção humana em diversas atividades internas – gerando ganhos de produtividade, qualidade e redução de custos.

O que muitos profissionais ainda não sabem é que a tecnologia de RPA já está facilmente acessível. Não estamos falando sobre uma solução voltada apenas para as empresas gigantes do mercado. É possível encontrar soluções do tamanho das suas necessidades e promover uma revolução no seu departamento fiscal.

Quer entender como um RPA fiscal está revolucionando as empresas? Então, descubra logo a seguir.

O que é RPA?
Imagem de rawpixel por Pixabay

O que é RPA?

O termo RPA (Robotic Process Automation) se refere a robotização de processos. Ou seja, é uma solução de automação que opera com softwares programados para executar tarefas – que também podem ser chamados de robôs.

Na prática, estamos falando de uma ferramenta capaz de automatizar processos e atividades por meio de scripts. Com base em um conjunto de regras e instruções, é possível deixar várias tarefas nas mãos desses robôs.

O objetivo é que esses robôs reproduzam as ações que um humano executaria com perfeição sem a necessidade de intervenção humana. Dessa forma, os profissionais não precisam se ocupar de atividades manuais e repetitivas – alocando o seu tempo em atividades mais complexas.

Benefícios do RPA fiscal

Dentro do setor fiscal, o RPA pode ficar responsável por várias atividades típicas dessa área:

  • Inserção de dados no sistema;
  • Preenchimento de informações em guias ou relatórios;
  • Realização de cálculos;
  • Recolhimento de tributos;
  • Geração de relatórios;
  • Envio de notificações e mensagens;
  • Recuperação ou armazenamento de informações;
  • Integração de informações com o ERP;
  • Entre várias outras.

Usar um RPA fiscal gera diversos benefícios para a organização. Veja os principais:

  1. Compliance fiscal;
  2. Recursos humanos focados na estratégia;
  3. Redução no tempo de execução de atividades;
  4. Escalabilidade;
  5. Pagamento através da plataforma do RPA Fiscal;
  6. Calculo automático de multa e juros;
  7. Atendimento ágil à fiscalização;
  8. Não requer instalação de softwares ou upgrades de sistemas existentes;
  9. Integração com o ERP;
  10. Fácil disseminação da informação.

Como o RPA está revolucionando as empresas?

Para compreender melhor o impacto do RPA nas empresas, vamos usar como base o relatório “Nível de Maturidade na Aplicação da Tecnologia RPA nas Empresas Brasileiras”, que foi apresentado durante o RPA Congress Distrito Federal, que aconteceu em Brasília (26/9/19), e contou com a Dootax como uma das patrocinadoras do evento.

Cobertura de uso do RPA

  • Aproximadamente 73% das empresas utilizam ou pretendem utilizar RPA, sendo 56% já utilizam essa tecnologia
  • Aproximadamente 24% das empresas estão escalando (mais de 10 licenças RPA)
  • Os principais áreas de Negócios para RPA são: Finanças (54%), RH (31%), TI (27%) e Fiscal (26%).

Vantagens da Implementação

Os principais benefícios esperados na implementação do RPA são:

  1. Redução de custos (72%)
  2. Redução de tempo de operação (67%)
  3. Redução de erros (60%)
  4. Melhoria de nível de serviços (47%)
  5. Redução de retrabalho (41%)
  6. Redução de mão de obra (41%)
  7. Governança/Compliance (37%)
  8. Ser mais competitivo no mercado (36%)
  9. Redução de riscos (compliance) (32%)
  10. Escalabilidade dos processos (26%)
  11. Melhoria da experiência do cliente (23%)
  12. Rápida obtenção do ROI (21%)
  13. Curto tempo de implantação (16%)
  14. Aumento da satisfação dos funcionários (15%)
  15. Flexibilidade da solução (13%)
  16. Baixo custo de implantação (10%)

Governança

  • Aproximadamente 48% das empresas usam o RPA apenas com a Equipe Interna, 12% apenas com Consultoria Externa e 40% ambos (Equipe Interna e Consultoria Externa)
  • Os principais motivos para escolha de Integrador RPA são, respectivamente: Experiência Comprovada (74%) e Custo do Projeto (65%). Além disso, aspectos como Imagem da Marca (24%) tem uma parcela menor na decisão.
  • As principais barreiras para escalar RPA são respectivamente: Definir e Priorizar os Processos a serem Robotizados (57%), Processos de Negócios muito fragmentados (36%), Alocar recursos do Orçamento (32%) e Convencer equipes internas de colaboradores (31%)

Propensão à compra

  • Aproximadamente 99% das empresas que já utilizam RPA pretendem expandir sua utilização;
  • Aproximadamente 89% das empresas pretendem expandir RPA nos próximos 12 meses.

Dootax: as melhores soluções de RPA fiscal

Você está pronto para levar toda a revolução proporcionada pelo RPA fiscal para a sua empresa? Para colocar isso em prática, você pode contar com a ajuda das soluções Dootax – que foram desenvolvidas para proporcionar a automação de processos no departamento fiscal.

Que tal conhecer cada uma delas e descobrir como podemos revolucionar sua rotina fiscal? Acesse nosso site!

(Visited 88 times, 1 visits today)

Compartilhe:

Quer saber tudo sobre otimizar sua rotina fiscal?

Conteúdos que podem te ajudar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo - Dootax | Topo
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Filter by Categories
Automação Fiscal
Compliance
Destaque
Gestão fiscal
Novidades da Dootax
Tributação