3 minutos de leitura

GNRE automática: simplifique seu trabalho

Por:
A GNRE automática pode ser responsável por economizar recursos preciosos para o departamento fiscal. Descubra aqui como simplificar a emissão desse imposto.
GNRE automática

A GNRE automática pode ser responsável por economizar tempo e recursos preciosos para o departamento fiscal da sua organização. Com o uso da tecnologia, você pode simplificar o trabalho e liberar os profissionais para o desenvolvimento de outras atividades de maior complexidade.

No passado, as rotinas do departamento fiscal costumavam consumir muito tempo com atividades manuais e repetitivas – como digitação de notas fiscais, preenchimento de guias ou consultas manuais. Porém, as soluções digitais que promovem a automação surgiram para causar uma transformação neste cenário.

Ao emitir a GNRE automática, não é mais necessário encarar toda a burocracia para emitir e pagar essa guia. Descubra como você pode simplificar o seu trabalho e obter diversos benefícios!

Como funciona a emissão da GNRE?

A Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) é o documento responsável por registrar as vendas de produtos para fora do Estado que estão sujeitas à substituição tributária. A sua grande finalidade é viabilizar o recolhimento do ICMS nos Estados de destino do produto – facilitando a arrecadação desse imposto em operações interestaduais.

Portanto, estão obrigadas a emitir GNRE todas as organizações que vendem produtos ao consumidor final ou empresa não contribuinte do ICMS com entrega para fora do Estado de origem.

O procedimento de emissão da GNRE é bastante simples, porém possui várias etapas – o que gera uma lentidão desnecessária e aumenta as chances de erros. Veja todos os passos que requerem a atenção de um profissional:

  1. Gerar a Nota Fiscal Eletrônica
  2. Imprimir duas vias da Nota Fiscal
  3. Checar a tabela de alíquotas de ICMS – observando os estados envolvidos na transação
  4. Calcular a diferença entre a alíquota interna e alíquota do estado destino
  5. Entrar no site do SEFAZ e emitir guia para pagamento que vai para o estado do cliente
  6. Imprimir guia GNRE
  7. Pagar a guia GNRE
  8. Imprimir o comprovante de pagamento
  9. Juntar a Nota Fiscal, a GNRE paga e o comprovante de pagamento ao produto
  10. Enviar o produto ao cliente
Como funciona a emissão da GNRE?
Photo by Tyler Franta on Unsplash

GNRE automática: a solução para os seus problemas

Você deseja simplificar a emissão da GNRE e evitar complicações como a ocorrência de multas ou pagamentos em duplicidade? Então a GNRE automática é a solução para os seus problemas!

Com a automação de processos, você pode percorrer todos os passos para emissão da GNRE sem a necessidade de esforços manuais. Ou seja, uma solução digital fica responsável por todos esses processos – gerando diversos benefícios:

  • Redução do tempo gasto na realização de tarefas manuais ou repetitivas
  • Simplificação de processos no departamento fiscal
  • Precisão nos cálculos do ICMS a ser recolhido
  • Consistência e previsibilidade no cumprimento das obrigações
  • Aumento da produtividade de todo o departamento fiscal
  • Redução de custos no desenvolvimento dos processos internos
  • Redução das chances de erros e falhas
  • Em caso de turn-over, o treinamento do novo profissional/equipe é reduzido drasticamente
  • Eliminação de problemas com caminhões parados em barreiras fiscais – agilizando as entregas feitas pela sua organização

Dootax Pagamento de Tributos: emissão e pagamento da GNRE de modo totalmente automático

O Dootax Pagamento de Tributos é a sua solução definitiva para emissão da GNRE automática. Trata-se de um software que faz a emissão e o pagamento das suas guias tributárias de modo totalmente automático, oferecendo segurança para seu negócio.

  • Otimiza processos e aumenta a produtividade.
  • Reduz custos.
  • Elimina tarefas repetitivas e possíveis erros.

O Dootax Pagamento de Tributos funciona de uma forma muito simples para solucionar os seus problemas:

  1. Integração. O usuário envia para a Dootax os arquivos JSON ou o XML da NFe/CTe. Esse envio pode ser feito através de FTP/(s)FTP, de API ou em um upload manual.
  2. RPA Fiscal. O Dootax Pagamento de Tributos acessa os sites responsáveis pela emissão de cada guia e realiza o preenchimento de formulários e informações de maneira automática.
  3. Pagamento. A Dootax faz a integração com qualquer banco através de arquivos CNABs para transmissão ou para o ERP do cliente.

Você está preparado para gerar a GNRE automática e simplificar o trabalho no seu departamento fiscal? Então agende uma demonstração do Dootax Pagamento de Tributos!

(Visited 423 times, 1 visits today)

Compartilhe:

Quer saber tudo sobre otimizar sua rotina fiscal?

Conteúdos que podem te ajudar:

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo - Dootax | Topo
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Filter by Categories
Automação Fiscal
Compliance
Destaque
Gestão fiscal
Novidades da Dootax
Tributação