Blog

Novas alíquotas de DIFAL para consumidor final em operações interestaduais em 2018

Tempo de leitura: < 1 minuto

Como vocês já sabem, de acordo com a EC 87, as alíquotas de impostos devem ser partilhadas entre a UF de Origem e UF de Destino gradativamente até que em 2019 seja completamente recolhido para a UF de Destino.

Veja abaixo a tabela completa da partilha de ICMS:

ANOUF ORIGEMUF DESTINO
201660%40%
201740%60%
201820%80%
2019 100%

Você precisa ajustar seu ERP e emissor de NFe para se adequar a nova regra a partir de 1º de janeiro de 2018.
Se você possui os sistemas Dootax para emissão automática de GNRE e automação de pagamento de tributos não se preocupe, como o sistema faz a geração através da leitura do XML da NFe, uma vez corrigido em seu sistema emissor o mesmo já tem efeito imediato no processo de automação.

(Visited 27 times, 1 visits today)
Compartilhe
Sobre o autor

Thiago Souza

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Por que investir em um repositório de NFe?
Por que investir em um repositório de NFe?

Descubra por que vale a pena apostar em um repositório de NFe para manter as notas fiscais seguras e organizadas.

SEFAZ-PE – Indisponibilidade GNRE dia 25.11.2018
SEFAZ-PE – Indisponibilidade GNRE dia 25.11.2018

Atenção: No dia 25/11/2018 das 08:00 às 16:00 o serviço de Pernambuco estará em manutenção e poderá ficar fora do ar.

Como funciona o Imposto de Importação?
Como funciona o Imposto de Importação?

Aprenda mais sobre o imposto que incide diretamente sobre as operações de importação: o ilustre Imposto de Importação (II).

Escritórios