Blog

GNRE 2.0 – Saiba o que muda com o novo layout!

Tempo de leitura: 3 minutos

A SEFAZ-PE recentemente anunciou a adoção do layout da GNRE 2.0, o Portal GNRE a partir de 01/04/2019 terá sua versão atualizada e passará a aceitar o novo layout.

Esse novo layout trará algumas novidades que visam a melhoria de performance para a emissão de guias, pois passa a aceitar a emissão em lotes com múltiplos documentos. Veja nesse artigo mais detalhes sobre o que muda!

SEFAZ-PE e a GNRE Online

A SEFAZ Pernambuco é responsável pelo gerenciamento e manutenção do portal GNRE Online. Esse portal visa a simplificação e a centralização de 24 UFs para a emissão de GNRE.

Estão de fora apenas São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Caso queira mais detalhes sobre a emissão de GNRE para cada uma dessas UFs, veja os links a seguir: GNRE-SP, GNRE-RJ, DUA-ES.

Principais mudanças da GNRE 2.0

A versão da GNRE 2.0 já está disponível para testes no ambiente de homologação da SEFAZ-PE (http://www.testegnre.pe.gov.br), essa versão contemplará três opções para geração das guias:

  • GNRE Simples – esta opção equivale à geração da GNRE atual, ou seja, geração de guia para apenas um pagamento.
  • GNRE com Múltiplos Documentos de Origem – Nesta opção poderão ser adicionados múltiplos documentos de origem, desde que mantida: Mesma UF destinatária, mesmo Contribuinte Emitente, mesmo Código de Receita e o mesmo Tipo de Documento de Origem.
  • GNRE com Múltiplas Receitas – Aqui poderão ser adicionados diversos códigos de receitas, desde que mantenha: Mesma UF destinatária e o Mesmo Contribuinte Emitente. Aqui poderá inclusive repetir o mesmo código de receita.

GNRE 2.0 com Múltiplos Documentos

A principal mudança com essas duas novas modalidades, é que ao invés de existir um código de barras para cada documento emitido, ele agrupa todos os documentos, soma os valores e emite um único código de barras com a somatória de todos.

Para um controle mais efetivo é adicionado então uma nova página as suas guias com o detalhamento da guia. Veja abaixo as imagens com o exemplo criado.

GNRE 2.0 - Código de Barras
GNRE 2.0 - Detalhamento das Guias

Prazo para implantação da GNRE 2.0

A previsão para que o Portal GNRE Online comece a aceitar a versão da GNRE 2.0 é 01/04/2019 (1º de Abril de 2019), porém haverá um período em que aceitará as duas versões simultaneamente.

Esse período é necessário para que as UFs e os contribuintes possa fazer os ajustes necessários para a utilização da nova versão 2.0.

GNRE 2.0 e o DOODoc?

Você cliente Dootax do DOODoc – Pagamento de Tributos, não precisa se preocupar, conforme alinhado em contrato e em nossas apresentações, nós somos responsáveis pela evolução fiscal, legal e tecnológica da plataforma.

Portanto, essa mudança não terá impacto algum para sua operação, ela tende apenas a trazer uma melhor performance na geração das guias GNRE.

Ficou com alguma dúvida? Quer saber como automatizar a emissão e pagamento de suas guias e tributos? Então, entre em contato conosco.

Atualização

A partir do dia 1º de maio de 2020 a versão 1.0 da GNRE não será mais aceita.

(Visited 241 times, 1 visits today)
Compartilhe
Sobre o autor

Thiago Souza

2 comentário(s)
  1. Daniel disse:

    Bom dia,
    Nos casos de “GNRE 2.0 com Múltiplos Documentos”, como ficaria o conteúdo do XML dessa GNRE.
    Você tem um exemplo de XML gerado com essa situação?

    1. Carlos Lima disse:

      Oi, Daniel. Tudo bom? O software da Dootax só precisa do XML de sua nota fiscal. A comunicação com a SEFAZ é feita diretamente pelo sistema, sem necessidade de interferência do cliente. Se você quiser, pode solicitar uma apresentação diretamente com nossos consultores: https://blog.dootax.com.br/contato/

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Alteração de regime tributário
Alteração de regime tributário

A alteração de regime tributário é um dos principais artifícios para reduzir a carga tributária dentro da legalidade. Saiba mais aqui.

SEFAZ-MT começa a alertar sobre consumo indevido de NFe/NFCe
SEFAZ-MT começa a alertar sobre consumo indevido de NFe/NFCe

A partir de 16 de maio de 2018, a SEFAZ-MT passa a aplicar as regras de validação de consumo indevido dos sistemas autorizadores de NFe e NFCe.

DT-e: O que muda com a MP da Liberdade Econômica?
DT-e: O que muda com a MP da Liberdade Econômica?

Você sabe o que é a Medida Provisória da Liberdade Econômica, aprovada na última quinta-feira (11) no Congresso? A MP estabelece garantias ao livre mercado, prevê imunidade burocrática para startups e extingue o Fundo Soberano do Brasil. Entre os pontos analisados pela comissão, está a criação do Documento de Transporte Eletrônico (DT-e). O texto propõe desburocratizar […]

Escritórios