Blog

Erros do departamento fiscal e como corrigir

Tempo de leitura: 3 minutos

O departamento fiscal é essencial para a continuidade das atividades de qualquer empresa. Trata-se do setor responsável por fazer a escrituração de todas essas movimentações, apurar impostos e garantir que todas as obrigações legais estão sendo cumpridas. Por isso, os erros do departamento fiscal podem custar muito caro.

Todas as pessoas jurídicas brasileiras precisam lidar com inúmeras exigências legais relacionadas a tributos, obrigações acessórias e diversas mudanças na legislação sobre o tema, não é? Levando em conta toda a complexidade que essas operações podem ter, os gestores têm em mãos um grande desafio para manter a produtividade e minimizar os riscos.

Neste artigo vamos destacar quais são os principais erros do departamento fiscal e como corrigi-los. Confira.

Automatize GNRE

5 principais erros do departamento fiscal

1. Erros de entrada de dados

Erros de entrada de dados são falhas cometidas onde e como os itens são inseridos (ou não) em seu sistema. Alguns erros comuns de entrada de dados incluem:

  • Inserção de itens na conta errada
  • Exclusão ou adição de um dígito ou uma casa decimal
  • Omissão ou duplicação de uma entrada

Isso é simplesmente uma falha ao registrar um item, geralmente por um erro humano. Porém, para fins fiscais, um pequeno deslize pode tomar grandes proporções – levando a recolhimentos de tributos indevidos e declarações imprecisas.

2. Falha na gestão da documentação

Na contabilidade, os documentos são fundamentais. São eles que servem como comprovação das operações realizadas e atestam que todas as normas legais estão sendo seguidas.

Portanto, um dos erros do departamento fiscal é não lidar corretamente com a documentação. Um ótimo exemplo disso é não armazenar corretamente o XML das notas fiscais emitidas – que deve ser guardado por, no mínimo, 5 anos mais o ano vigente.

3. Falta de planejamento

Uma empresa possui inúmeras obrigações fiscais para cumprir ao longo do ano, não é? Porém, mesmo considerando as alterações na legislação que podem ocorrer, é possível mapear todas essas obrigações no início do ano – criando uma agenda fiscal.

Deixar de realizar esse planejamento é um dos principais erros do departamento fiscal, pois aumenta drasticamente as chances de falhas e pode sobrecarregar a equipe por conta de demandas não previstas.

4. Ausência de processos claros

Se você busca um departamento fiscal produtivo, é essencial criar processos claros e bem definidos para guiar as atividades dos profissionais. Quando isso não acontece, podem surgir complicações que afetam o desempenho de todo o setor – como excesso de tempo ocioso ou retrabalho.

5. Sobrecarga da equipe

Por fim, outro erro comum nas empresas brasileiras é a sobrecarga da equipe. Quando os profissionais possuem mais tarefas do que conseguem realizar, aumentam as chances de erros humanos e de outros atritos que comprometem a produtividade.

5 principais erros do departamento fiscal
Negócio vetor criado por pikisuperstar – br.freepik.com

Como corrigir esses erros?

1. Treine a equipe fiscal

Profissionais capacitados e que possuem clareza sobre as normas fiscais são mais eficientes e erram menos. Portanto, esse pode ser um ponto importante para evitar que os erros do departamento fiscal sejam cometidos.

2. Não sobrecarregue seus funcionários

Conforme acabamos de ver, os funcionários sobrecarregados podem cometer erros bobos por desatenção. Por isso, é fundamental encontrar formas de evitar a sobrecarga – seja estruturando melhor os fluxos internos, contratando mais pessoas ou adotando ferramentas de automação.

3. Implemente controles internos

Implemente práticas que possam ajudar a detectar e corrigir erros do departamento fiscal. A revisão periódica dos processos adotados e das atividades desenvolvidas pelos profissionais garante que você esteja sempre um passo à frente.

4. Busque o feedback dos profissionais

Os profissionais que trabalham diariamente nas rotinas fiscais podem ter ótimos insights sobre maneiras de reduzir os erros e otimizar a produtividade do departamento. Portanto, incentivar o feedback dessas pessoas pode ser uma prática produtiva.

5. Explore a tecnologia

A tecnologia pode ser sua grande aliada para reduzir os erros do departamento fiscal. Atualmente existem várias soluções digitais que permitem a automação de processos – reduzindo as chances de erros humanos e aumentando a produtividade dos profissionais.

A Dootax oferece as soluções ideais para que sua empresa maximize os resultados do departamento fiscal e garanta o cumprimento de todas as obrigações:

1. DOODoc Pagamento de Tributos
Para emissão e o pagamento das suas guias tributárias de modo totalmente automático;

2. DOOLivery Gestão de Certidões
Para o gerenciamento de todas as certidões negativas de débito e certidões positivas da sua empresa;

3. DOOLivery Caixa Postal Fiscal
Para o gerenciamento de diversos DTE, com organização, agilidade e segurança.

Veja como funciona o Pagamento de Tributos da Dootax

Quais desses erros do departamento fiscal você identificou na sua empresa? Quer conhecer melhor as soluções da Dootax? Então visite nossa página!

(Visited 85 times, 1 visits today)
Compartilhe
Sobre o autor

Carlos Lima

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Automação ISS e os benefícios para sua empresa
Automação ISS e os benefícios para sua empresa

Quer entender como funciona a automação ISS e quais são seus benefícios? Então acompanhe neste artigo.

6 razões para adotar o RPA fiscal no seu Centro de Serviços Compartilhados
6 razões para adotar o RPA fiscal no seu Centro de Serviços Compartilhados

Quer entender quais os benefícios do RPA fiscal para um Centro de Serviços Compartilhados? Confira os principais neste artigo!

Automação para e-commerce
Automação para e-commerce

Chegou a hora de conhecer melhor os benefícios da automação para e-commerce e aumentar a produtividade de sua loja virtual.

Escritórios