Blog

Como gerar guia GNRE mais rápido

Tempo de leitura: 4 minutos

Gerar guia GNRE está entre os processos comuns nas empresas brasileiras. Se a sua organização realiza a venda de produtos para outros estados, certamente você está familiarizado com a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais, não é?

Apesar disso, eliminar completamente os problemas relacionados à emissão da GNRE e gerar a guia com mais agilidade está entre os maiores objetivos do departamento fiscal. Trata-se do melhor caminho para manter o compliance fiscal e aumentar a produtividade de toda a equipe.

Neste artigo você vai conferir como gerar guia GNRE mais rápido para obter um salto de desempenho. Acompanhe!

O que você precisa saber sobre a GNRE?

Antes de falarmos sobre como gerar guia GNRE mais rápido, vamos ressaltar as principais informações sobre a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais:

Emitir guias

O que é a GNRE?

A Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) é o documento utilizado pelos contribuintes nas operações de vendas interestaduais sujeitas à substituição tributária e demais impostos devidos ao estado e recolhidos em outra unidade da federação.

Trata-se de uma regra de partilha do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que tem como objetivo recolher o imposto nos Estados de destino – facilitando a arrecadação.

Quem precisa emitir?

Na prática, as empresas que precisam emitir a GNRE são aquelas que efetuam a venda de mercadorias com destino a outros estados ou prestações de serviços de transporte interestadual.

Quais são as complicações de falhas na emissão da GNRE?

Quando uma empresa não cumpre a exigência de emissão e/ou recolhimento da GNRE, o poder público interpreta como um tipo de sonegação fiscal. Como consequência, podem ser aplicadas punições severas.

Além disso, um lote de mercadorias que está em transporte sem o devido recolhimento da GNRE poderá ficar retida nas barreiras de fiscalização estaduais – causando mais custos e transtornos para a empresa.

Como é feita a emissão da GNRE?

Para fazer a emissão da GNRE, é preciso seguir uma série de etapas – o que gera uma lentidão desnecessária e aumenta as chances de erros:

  1. Gerar a Nota Fiscal Eletrônica
  2. Imprimir duas vias da Nota Fiscal
  3. Checar a tabela de alíquotas de ICMS – observando os estados envolvidos na transação
  4. Calcular a diferença entre a alíquota interna e alíquota do estado destino
  5. Entrar no site do SEFAZ e emitir guia para pagamento que vai para o estado do cliente
  6. Imprimir guia GNRE
  7. Pagar a guia GNRE
  8. Imprimir o comprovante de pagamento
  9. Juntar a Nota Fiscal, a GNRE paga e o comprovante de pagamento ao produto
  10. Enviar o produto ao cliente
Emitir GNRE
guia nacional de recolhimento de tributos estaduais

Como gerar guia GNRE mais rápido?

Acabamos de ver como a emissão manual da GNRE pode tomar um tempo precioso, não é? Com grandes volumes de vendas fechadas, o processo de gerar guia GNRE pode demandar horas e mais horas de trabalho todos os dias.

Porém, existe uma forma de gerar guia GNRE mais rápido: automatizando esse processo.

Você pode explorar a tecnologia para realizar todo esse processo automaticamente – sem a necessidade de um humano na realização das tarefas. Dessa forma, uma atividade que levaria horas para ser finalizada pode ser executada em poucos segundos.

Principais benefícios da automação

São muitos os benefícios de explorar a automação para gerar guia GNRE. Veja quais são os principais deles:

Agilidade na emissão

Com uma solução de automação, você pode emitir centenas de guias tributárias em segundos, sem intervenção humana e sem precisar preencher nenhum formulário.

Pagamento descomplicado

Além de gerar guia GNRE, uma solução de automação também pode ficar encarregada de enviar as guias diretamente ao banco ou para o seu ERP – simplificando o pagamento.

Eliminação de erros humanos

Sua empresa já pagou guias em duplicidade, com atraso ou com valores errados? Esses são erros humanos que podem ser eliminados com a automação do processo de gerar guia GNRE.

Redução do FTE (Full-Time Equivalent)

Um colaborador administrativo gasta 3h/dia com tarefas repetitivas. Ao investir na automação, você pode alocar as pessoas para funções mais estratégicas e deixar os robôs com o trabalho braçal.

Eliminação de problemas com barreiras fiscais

Guias com erros ou ausentes podem fazer com que caminhões fiquem parados em barreiras fiscais, atrasando a entrega das mercadorias e gerando prejuízo. Garanta a fluidez da sua logística automatizando a GNRE.

Dootax: a melhor opção para gerar guia GNRE mais rápido

A Dootax possui as soluções ideais para que você possa gerar guia GNRE mais rápido. Com o DOODoc Pagamento de Tributos, você faz a emissão e o pagamento da GNRE de modo totalmente automático.

  • Emita 1000 guias em 5 segundos
  • Elimine erros humanos
  • Software na nuvem (SaaS)
  • Implementação rápida
  • Emissão para todo o Brasil

Você já sabia como gerar guia GNRE mais rápido? Quer conhecer melhor os recursos do DOODoc Pagamento de Tributos? Então entre em contato com a nossa equipe!

(Visited 26 times, 1 visits today)
Compartilhe
Sobre o autor

Carlos Lima

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Emissor de GNRE automático
Emissor de GNRE automático

O seu departamento utiliza um emissor de GNRE automático? Conheça todas as vantagens dessa tecnologia aqui.

A importância do compliance fiscal na Black Friday
A importância do compliance fiscal na Black Friday

Sua empresa está preparada para garantir o compliance fiscal na Black Friday? Saiba como se planejar para cumprir todas as obrigações fiscais.

Repositório DFe: organize documentos fiscais eletrônicos na nuvem
Repositório DFe: organize documentos fiscais eletrônicos na nuvem

O Repositório DFe é a solução ideal para garantir o armazenamento seguro dos documentos fiscais eletrônicos. Saiba tudo sobre essa ferramenta.

Escritórios